Covid-19: mortes de pessoas entre 20 e 59 anos crescem 657% em um mês no DF

Compartilhe esse Post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Os dados de mortes por Covid-19 divulgados pela Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) reforçam que a doença têm atingido com mais força pessoas jovens. Um levantamento feito com as informações da pasta mostra que, em março desta ano, 439 pessoas que tinham entre 20 e 59 anos morreram por conta do novo coronavírus. No mês anterior, foram 58O crescimento é de 657%.

O aumento nos óbitos coincide com o agravamento da pandemia na capital e a confirmação de variantes, com efeitos mais graves, entre os infectados do DF. Segundo a SES-DF, nas últimas semanas, a ocupação de leitos de UTI por jovens e adultos já supera a de idosos.

  • Covid-19: DF registra alta na circulação de variante do Amazonas, que aumenta risco de morte
  • Veja os números da pandemia em todas as regiões do Brasil

 

O mês de março foi o que mais registrou mortes de pessoas entre 20 e 59 anos desde o início da pandemia. Em segundo lugar, aparece julho de 2020, quando foram confirmados 294 óbitos nessa faixa etária. Veja tabela abaixo:

Mortes de pessoas entre 20 e 59 anos por Covid-19 no DF

Mês Óbitos
Março de 2020 0
Abril de 2020 6
Maio de 2020 43
Junho de 2020 141
Julho de 2020 294
Agosto de 2020 256
Setembro de 2020 146
Outubro de 2020 61
Novembro de 2020 53
Dezembro de 2020 47
Janeiro de 2021 68
Fevereiro de 2021 58
Março de 2021 439

No mês passado, houve aumento de mortes em todas as faixas etárias na capital, em relação a fevereiro. Em março, o número de vítimas da Covid-19 acima de 60 anos chegou a 846. O crescimento é de 361%. Houve ainda uma morte de paciente menor de 19 anos, contra zero em fevereiro.

Há probabilidade de que a situação seja ainda mais grave em abril, já que, mesmo antes do fim, o mês já ultrapassou março e se tornou o mais letal da pandemia no DF. Nos primeiros 20 dias, foram 1.315 óbitos.

Até terça-feira (20), 368.924 pessoas já haviam sido infectadas pelo novo coronavírus no DF, desde o início da pandemia. Dessas, 7.344 morreram.

Veja Mais