Cidade de SP amplia vacinação contra Covid-19 de idosos de 68 anos para toda rede de saúde nesta segunda

Compartilhe esse Post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Imunização dessa população começou na última sexta (2), mas limitada aos postos drive-thru e às AMAs Integradas. A partir desta segunda (5), poderá ser feita, também, nos centros-escola e em todas as Unidades Básicas de Saúde.

A cidade de São Paulo ampliou a vacinação de idosos com 68 anos para toda a rede de saúde do município.

A imunização desse grupo começou na última sexta (2), mas por conta do feriado nacional, foi feita apenas nos postos drive-thru e nas AMAs integradas.

A partir desta segunda (5), essa população também poderá receber a primeira dose em todas as Unidades Básicas de Saúde, além dos Centros-Escola.

De acordo com o secretário municipal da Saúde, nos últimos dias, mais de 40% desse público-alvo já foi vacinado.

A Secretaria Municipal da Saúde recomenda que os idosos busquem a vacina de maneira gradual, evitando aglomerações nos postos da capital e preenchendo o pré-cadastro no site Vacina Já para agilizar em até 90% o tempo de atendimento para imunização.

Vacinação na capital paulista

Postos drive-thru

Horário: 8h às 17h

  • Neo Química Arena (Arena Corinthians): Av. Miguel Ignácio Curi, Portão E4
  • Igreja Boas Novas: Rua Marechal Mallet, 535
  • Autódromo de Interlagos: Rua Jacinto Júlio, altura do nº 589 – Portão 9, entrada KRF (Zona Sul)
  • Hebraica: Rua Ibiapinópolis, 781
  • Memorial da América Latina: Rua Tagipuru, 500 (Portão 02)
  • Estádio do Morumbi: Av. Giovanni Gronchi, 1920 (Portão 15)
  • Ginásio do Ibirapuera: Rua Marechal Estênio Albuquerque Lima, 413
  • Clube Atlético Monte Líbano: Rua do Gama, 261 – Jardim Luzitânia
  • Subprefeitura de M Boi Mirim: Avenida Guarapiranga, 1695, Pq Alves de Lima
  • Subprefeitura Itaim Paulista: Avenida Marechal Tito, 3012 – Itaim Paulista
  • Subprefeitura da Penha: Rua Mandu, 451
  • Clube Atlético Paulistano: R. Honduras, 1400 – Jardim América
  • Parque Villa Lobos: Portão 3 – Professor Fonseca Rodrigues, n°1.025, Alto de Pinheiros
  • Centro de Exposições do Anhembi: Rua Olavo Fontoura, portão 38, Casa Verde
  • Shopping Aricanduva: Av. Aricanduva 5555 (Portão 04 e 01)
  • Shopping Anália Franco: Avenida Regente Feijó, 1739, Tatuapé
  • Shopping Interlagos: Av. Interlagos, 2255 – Estacionamento Subsolo, portão 5 – Interlagos
  • Mais Shopping: Rua Padre José Maria, S/N – Estacionamento G 2 Mais Shopping
  • Hospital Dom Antônio Alvarenga: Avenida Nazaré, 1361, Ipiranga

468 Unidades Básicas de Saúde (UBS)

  • Horário: de segunda a sexta, das 7h às 19h.
  • Os endereços das unidades podem ser acessados pela ferramenta Busca Saúde no site.

AMAs/UBSs Integradas

  • Horário: 7h às 19h, inclusive aos sábados Veja aqui a lista com os endereços dessas unidades

Centros-escola

Horário: De segunda a sexta, das 8h às 17h

  • Centro-Escola Barra Funda – Av. Dr. Abrahão Ribeiro, 283, Bom Retiro
  • Centro-Escola Geraldo de Paula Souza – Av. Dr. Arnaldo, 925, Sumaré
  • Centro-Escola Samuel Barnsley Pessoa – Av. Vital Brasil, 1.490, Butantã

Histórico da vacinação

A vacinação contra a Covid-19 começou no Brasil em 17 de janeiro, logo após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar o uso emergencial da CoronaVac, produzida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantan.

A enfermeira Mônica Calazans, de 54 anos, moradora de Itaquera, na Zona Leste da capital paulista, foi a primeira pessoa, fora dos estudos clínicos, a receber a vacina.

O Programa Nacional de Imunização (PNI) brasileiro teve início no dia 18 de janeiro, e começou a ser feito após a distribuição das 6 milhões de doses da CoronaVac importadas já prontas da China.

No estado de São Paulo, a vacinação começou com profissionais de saúde da linha de frente no combate ao coronavírus, indígenas, quilombolas e idosos que viviam em instituições e vem ampliando o público-alvo conforme disponibilidade de vacina.

Veja Mais